Ao sul da Alemanha, a comida  é menos pesada que ao norte, e ali a cozinha pode ser, com toda a razão chamada  de "haute". A Baviera, o maior Estado, é também o primeiro em termos gastronômicos. É dali que se originam os mais suculentos presuntos e pepinos em conserva com endro (o aroma alemão mais característico depois do cominho). Em nuremberg, centro das especiarias do país, são produzidos bolos e biscoitos com centenas de sabores e formatos diferentes. Munique,a capital, é conhecida pelo famoso  Oktoberfest, o festival da cerveja, pela weiszwurst, um tipo de salsicha branca servida com mostarda doce da Baviera, e pela criação mais famosa - o bolo Príncipe Regente.

Sauerkraut (chucrute, o repolho fermentado, ripicamente alemão, é consumido mais ao sul. Nessa região, a batata desempenha um papel menos importante, sendo frequentemente substituído pela Spazle (massinhas) e pelos Knodeln (bolinhos). As cervejas bávaras são internacionamente famosas e incluem marcas como Dortmunder, Holsten e Lowenbrau.

Em direção ao oeste se encontra o antigo Grão-ducado de Baden, onde se pode notar facilmente a influência da culinária francesa. Com suas carpas, lúcios e trutas, além da caça proveniente da Floresta Negra - especialmente a carne de veado -, Baden é o verdadeiro paraiso dos gourmets. A região é renomada também por suas hortaliças, em especial os cogumelos selvagens (Steinpilze e Pfifferlinge) e os aspargos Schwetzingen; por suas frutas e sucos de frutas; e pelo mais clássico dos bolos alemães, a Schearzwalder Kirschtorte (torta Floresta Negra), bolo de chocolate em camadas, com creme e cerejas ácidas da região, regado com aguardente de cereja (Kirsch) e recoberto com delicadas raspas de chocolate.
A oeste, fica Rheinland, a zona do Reno, famosa pelos grandes rios e excelentes vinhos, onde a batata é um dos ingredientes mais empregados no preparo das refeições. Há, por exemplo, um prato que combina batatas, maçãs e bacon conhecido pelo curioso nome de Himmelund erde, que significa "céu e terra" (do céu viriam as maçãs e da terra as batatas). A carne mais popular na região é o Sauerbraten, um maravolhoso refogado agridoce de carne de boi marinada em vinho e vinagre de vinho com legumes, geralmente servido com bolinhos de batata ou Spatzle.

Em Hessem, na parte mais oriental do Reno, predominam as conservas e as salsichas, principalmente a tipo Frankfurt (embora a cidade de Frankfurt seja famosa também por um delicioso molho verde de ervas).

Westphalia, na fronteira com os Países Baixos, é o centro dos presuntos e salsichas alemães. O presunto típico da região - defumado com zimbro, na faia e na cinza - é famoso no mundo todo. Nessa região também se produz uma enorme varierade de pães, sendo mais importante entre eles o Pumpernickel, um pão forte, rústico, feito de centeio integral, de coloração bem escura. Na região de Luneberger Heide se produzem magnificas hortaliças, frutas e mel.

Print Friendly and PDF

Leave a Reply

    Translate

    Compartilhe este blog

    twitter orkut facebook digg favorites mais

    Google+ Badge

    Já visitaram...


    localizar via ip

    Follow by Email



    Já viram esta cozinha ...

    Followers

    Agradecimento

    Agradecimento
    Agradeço eventuais matérias e ou fotos dando assim os também eventuais créditos. Se alguém, por qualquer motivo, achar que estou violando direitos autorais, entre em contato que a publicação será devidamente creditada ou ainda retirada.