Cabo Verde revelou-se na última década como um destino de grande potencial em especial para os turistas europeus, dada a proximidade e a acessibilidade, que se ampliou com a abertura de três novos aeroportos internacionais nos últimos anos. Neste artigo irá encontrar essenciais informações sobre este destino de sonho e sobre as mais importantes das 10 ilhas que compõem o arquipélago de Cabo Verde.

Geografia:
Situado no Oceano Atlântico, 600 km a Oeste do Senegal, o arquipélago é constituído por dez ilhas, das quais nove são habitadas, e alguns ilhéus. As ilhas de Santo Antão, S. Vicente, Santa Luzia, S. Nicolau, Sal e Boavista, formam o grupo barlavento, e as ilhas do Maio, Santiago, Fogo e Brava, formam o grupo Sotavento.

História:
Embora as ilhas fossem descobertas em 1460 pelos portugueses, só em 1462 se iniciou o seu povoamento, com a chegada de europeus livres e escravos da Guiné. A posição estratégica do arquipélago transforma-o num importante porto para os navios mercantes. O País obteve a sua independência em 1975. Num total de quase 500.000 habitantes, 70% da população é mestiça, 28% negra e 2% branca.

Religião:
Cristâ, sendo a maioria católica. Algumas igrejas protestantes têm-se implantado progressivamente e o islão também está presente no arquipélago.

Música:
De grande renome internacional, entre os seus variados géneros destacam-se a morna, a coladeira, o funaná, a mazurca e o batuko. A música africana e a brasileira também são muito apreciadas.

Artesanato:
Reflexo das influências africanas, europeias e americanas, as suas formas mais expressivas são o batik, a tecelagem, a tapeçaria, e diversos trabalhos feitos a partir do barro, coco e osso. O maior centro produtor de artesanato é a cidade de Mindelo, logo seguido das ilhas da Boavista, Sal, Santiago e Santo Antão. Nos últimos anos tem-se assistido à chegada de artesãos vindos do continente africano e muitos turistas têm tomado as máscaras e outros artefactos do continente por artesanato de Cabo Verde
  
Ilhas de Cabo Verde:
SANTO ANTÃO
S. VICENTE
SANTA LUZIA
S. NICOLAU
SAL
BOAVISTA
SANTIAGO
MAIO
FOGO
BRAVA

Culinária
A culinária de Cabo Verde é uma tradição étnica que tem aguentado o teste do tempo. Esta cozinha única encontra-se habitualmente nos lares de muitos Crioulos, sobretudo em dias de festa e em ocasiões especiais.
Tal como a música, a cozinha de Cabo Verde é uma cozinha bastante influenciada pela tradição culinária portuguesa: lagostas, perceves, lapa búzio, “bafas”, atum fresco etc... A base da cozinha popular é o molho, preparado de diferentes maneiras, acompanha a carne de porco, o feijão, a mandioca, e a batata doce. O prato tradicional é a Cachupa pobre e rica

Print Friendly and PDF

Leave a Reply

    Translate

    Compartilhe este blog

    twitter orkut facebook digg favorites mais

    Google+ Badge

    Já visitaram...


    localizar via ip

    Follow by Email



    Já viram esta cozinha ...

    Followers

    Agradecimento

    Agradecimento
    Agradeço eventuais matérias e ou fotos dando assim os também eventuais créditos. Se alguém, por qualquer motivo, achar que estou violando direitos autorais, entre em contato que a publicação será devidamente creditada ou ainda retirada.