Atenção : devido aos recentes sismos no país, uma parte considerável do patrimônio arquitetural citado abaixo foi danificada ou inteiramente destruída. A reconstrução total do país pode demorar muitos anos.

Situada ao sudeste de Cuba, o Haiti faz fronteira, a leste, com São Domingo.
Porto Príncipe, a capital, contém diversos bairros com uma arquitetura típica e variada. No centro da cidade, a Praça Champ de Mars reúne edifícios dos anos 1930, como os populares Museu de Arte Haitiana, que abriga a maior coleção de arte naif do mundo, e o Museu do Panteão Nacional Haitiano, dedicado ao passado doloroso do país. Nas proximidades, a catedral Sainte-Trinité (Santa Trindade) chama a atenção por seus afrescos que misturam cenas bíblicas e rituais vudu. Sempre rico em ritmos ; o Mercado do Ferro permite sentir de perto a atmosfera haitiana : estacas estão dispostas ao lado de velhos pneus, brinquedos para as crianças e alimentos, no meio do qual descobre-se verdadeiras pérolas artesanais (obras de pintores naifs ou ainda « Mahogany » típicos). Nas proximidades, pode-se descobrir o velho bairro Bois-Verna e suas casas com detalhes em madeira, conhecidas locamente como « Casas Gingerbread ».
A capital possui belos quadros que podem ser vistos principalmente na cidade de Pétionville, onde se encontram as famosas galerias de arte Nader e Massara.
A 15 km de Petionville, Kenscoff é uma bela cidade montanhosa com seus cultivos em terrenos a partir dos quais pode-se ter uma vista panorâmica do local. Contendo os vestígios dos Fortes Jacques e Alexandre, o Parque Nacional Histórico é um lugar bastante apreciado pelos haitianos. Todos os anos, no dia 18 de maio, os jovens se encontram no local para uma quermesse acompanhada de concertos com melodias típicas.
Cidade costeira do norte do Haiti, Cabo Haitien é conhecida por seus edifícios coloniais. Passeando pelas ruas, pode-se notar as placas do século XVIII. No entanto, os mais belos vestígios são sem dúvida os do Palácio de Sans-Souci, cujo estilo lembra o Castelo de Versalhes, na França, e a citadela Ferrière, a maior fortaleza dos Caraíbas, cujos vestígios são encontrados a até 900 metros de altitude. « A Paris dos Caraíbas » é dotada de outras riquezas, como sua catedral ornada por abóbodas em cobre ou a casa de Pauline Bonaparte, que apresenta aos mais curiosos às crenças vudus.

FESTIVIDADES
1 de janeiro : Dia da Independência
1 de maio : Festa do Trabalho
18 de maio : Festa da Bandeira
Agosto : Assunção
17 de outubro : Festa Dessalines
1 de novembro : Dia de Todos os Santos
18 de novembro : Festa Vertières
5 de dezembro : Festa da Descoberta
25 de dezembro : Natal

Print Friendly and PDF

Leave a Reply

    Translate

    Compartilhe este blog

    twitter orkut facebook digg favorites mais

    Google+ Badge

    Já visitaram...


    localizar via ip

    Follow by Email



    Já viram esta cozinha ...

    Followers

    Agradecimento

    Agradecimento
    Agradeço eventuais matérias e ou fotos dando assim os também eventuais créditos. Se alguém, por qualquer motivo, achar que estou violando direitos autorais, entre em contato que a publicação será devidamente creditada ou ainda retirada.