As Filipinas são um arquipélago composto de mais de 700 ilhas, demilitado por Taiwan ao norte e pelas ilhas Sulawesi ao sul.
A ilha principal, Luzon, é onde se situa a capital, Manila, uma cidade muito populosa onde a grande riqueza e a pobreza vivem lado a lado. A parte central da cidade, cercada por altas muralhas, ainda conserva belas construções coloniais em estilo espanhol, como o Forte Santiago, a Igreja San Augustin (século XVII) e a Casa Manila. Ao norte da ilha encontram-se os terrenos de plantação de arroz de Banaue. Estes terrenos em grande altitude, existentes há 2000 anos, estão inscritos na lista do Património Mundial da Unesco desde 1995. O sul de Luzon é marcado pelo Vulcão Taal, ainda em atividade, e seu lago homónimo. A pequena cidade de Tagay-tay, situada em altitude a apenas alguns quilómetros dali, permite ter uma belíssima vista do local.
A ilha de Boracay, situada no centro do arquipélago, é reputada por sua praia paradisíaca de areia branca, White Beach, e seus pontos de mergulho. Ao sul, a ilha de Cebu merece igualmente uma escala por seu património cultural belamente conservado, como a igreja Santo Nino, que abriga secretamente uma estátua preciosa entregue por Magellan à rainha Juana em 1521.
A oeste encontra-se Palawan, uma ilha de natureza selvagem, composta de altos picos em calcário negro por entre as águas transparentes e azuis, sobre um fundo de vegetação tropical livre de toda intervenção humana. A ilha é conhecida por seus magníficos arrecifes onde cresce uma fauna submarina excepcional. Sua capital, Puerto Princesas, é o ponto de partida de diversas excursões em direção ao Parque Nacional do rio subterrâneo de São Paulo.
Ao sul de Cebu, duas outras ilhas valem igualmente a visita. A primeira, Bohol, é famosa por sua paisagem ondulada composta de « Colinas de Chocolate », colinas que adquirem a esta cor escura durante a temporada seca. A segunda, Siquijor, concentra, em 74km de circunferência, uma floresta, grutas, praias paradisíacas e vilas de bruxas...

FESTIVIDADES
25 de fevereiro : Aniversário da Revolução
12 de junho : Festa nacional
Agosto : Festa dos heróis nacionais
30 de novembro : Festa de Bonifácio
25 de dezembro : Natal
30 de dezembro : Festa de Rizal

Print Friendly and PDF

Leave a Reply

    Translate

    Compartilhe este blog

    twitter orkut facebook digg favorites mais

    Google+ Badge

    Já visitaram...


    localizar via ip

    Follow by Email



    Já viram esta cozinha ...

    Followers

    Agradecimento

    Agradecimento
    Agradeço eventuais matérias e ou fotos dando assim os também eventuais créditos. Se alguém, por qualquer motivo, achar que estou violando direitos autorais, entre em contato que a publicação será devidamente creditada ou ainda retirada.