Egito era, inicialmente, um dos nomes da cidade de Memphis. Depois que os gregos rebatizaram-na de Aiguptos, este novo nome foi atribuído ao território. Situado na extremidade leste da África do norte, o país possui como capital o Cairo.
Ele se encontra à beira do Nilo e permite ao visitante observar as múmias dos faraós e os objetos preciosos em seu museu. A alguns passos dali, pode-se passear pelas ruelas de Souk Khan el Khalili e pechinchar nas pequenas lojas.
Próxima da capital, a cidade de Gizé convida à contemplar as três mais famosas pirâmides, Quéops, Quéfren e Miquerinos, ou a Esfinge com 74 metros, construída em direção leste. As cidades de Sakkarah e de Dachur também possuem pirâmides.
Um cruzeiro em feluca leva os visitantes até Luxor. Nesta cidade, o Vale dos Reis apresenta os túmulos dos faraós do Novo Império. É preciso seguir as diferentes seções decoradas de acordo com o livro de Amdouat até o sarcófago. Ao longe, pode-se ver o antigo vilarejo beduíno de pescadores Sharm el Sheikh. O monastério Santa Catarina abre suas portas aos pés do Monte Sinai. Ainda em atividade e classificado no património da UNESCO, ele comporta a segunda biblioteca mais completa do mundo.
Ao norte do Cairo, percebe-se a cidade de Alexandria inicialmente por seu farol. Figurando entre os primeiros faróis, ele ganhou seu nome por causa da ilha de Faros, onde ele se encontra. Ligado à terra firme pelos aluviões do Nulo, sua fumaça branca indica a entrada do porto. A biblioteca da cidade também merece a visita : fundada durante a Antiguidade, ela nasceu da sede de conhecimento de Ptolomeu I.
Se Assouan (ou Assuã) é associada em geral à sua barragem, ela chama a atenção igualmente por sua ilha florida com plantas tropicais variadas. Abou-Simbel guia o visitante em direção ao seu templo esculpido nas rochas da colina de Meha que fascina por suas grandes estátuas. Uma última parada no Vale das Baleias mostra um período importante da evolução.

FESTIVIDADES
Aïd el-Fitr (pequeno Baïram), Festa de 3 dias em comemoração ao fim do Ramadan
Aïd el-Kebir (grando Baïram) para o período do haj ou da pelegrinagem em direção à Meca
Em janeiro: Maratona de Luxor e de Guizeh ; Festa da primavera
22 de fevereiro : Dia da União
Sham na-Nessim (odor da brisa), festa cristã de origem faraónica, na Primeira segunda-feira após a Páscoa cristã, celebrada por todos os egípcios
25 de abril : Aniversário do Sinai (restituição por Israel)
1 de maio : Festa do Trabalho
18 de junho : Festa da República
23 de julho : Festa Nacional, aniversário da revolução
6 de outubro : Festa das Forças Armadas, feriado nacional em comemoração à vitória sobre Israel em 1973
24 de outubro : Festa de Suez
Outubro : Rali dos Faraós
Outubro e fevereiro : Festival cultural Abou Simbel
Novembro : comemoração da descoberta das tumbas faraónicas
23 de dezembro : Festa da Vitória

Print Friendly and PDF

Leave a Reply

    Translate

    Compartilhe este blog

    twitter orkut facebook digg favorites mais

    Google+ Badge

    Já visitaram...


    localizar via ip

    Follow by Email



    Já viram esta cozinha ...

    Followers

    Agradecimento

    Agradecimento
    Agradeço eventuais matérias e ou fotos dando assim os também eventuais créditos. Se alguém, por qualquer motivo, achar que estou violando direitos autorais, entre em contato que a publicação será devidamente creditada ou ainda retirada.