A comida da Hungria é realmente deliciosa. Os pratos são contundentes e estão temperados com muito acerto, pois combinam a tradição histórica com a nouvelle couisine. A espciaria mais utilizada é o pimentão húngaro, páprica, de fama mundial. O costume é de temperar os molhos e pode ser ardido ou cheiroso.

O café da manhã costuma ser servido de 7 a 10 horas. O almoço de 12.00 às 15.00 horas e o jantar das 19.00 até às 23.00 horas. Em todo país existem bons restaurantes que costumam amenizar a velada com música ou dança, mas também se pode comer em buffets, mais baratos, tavernas ou restaurantes de comida rápida. Cardápios que costumam oferecer uma grande variedade e o serviço costuma ser correto. Lembre que é habitual deixar 10 % do total da fatura como gorjeta.

O prato mais conhecido da cozinha húngara é a sopa de Gulyás. Esta sopa, cozida tradicionalmente em grandes panelas ao ar livre, tem como principais ingredientes a carne de vaca, as batatas, os inhoques e páprica, como tempero. Também são deliciosas a meggyleves, sopa azeda de cerejas, a sopa de peixe e a de galinha Ujházi.

Além das sopas, como primeiros pratos experimente os pimentões recheados, a couve fermentada recheada de carne moida e arroz e o gombás rizs, arroz com cogumelos fritos.

As carnes são simplesmente deliciosas. Animamos-lhe a desfrutar do pörkölt, um maravilhoso guisado de carne de porco ou vaca temperado, com páprica ou o frango no molho do pimentão e o refogado de vaddisznu (carne de queixada), o sültmalac, um boca porquinho assado inteiro que desmancha-se na boca.

O prato de peixe mais famoso é o fogas, lúcio ou perca do Lago Balatón, que serve-se empado, assado ou ensopado. Maravilhosa resulta também a massa, como a túróscsusza de requeijão fresco regada com creme de leite azedo e decorada com fatias de toucinho.

Se é você guloso as sobremesas húngaras não irão defraudar-lhe. Os folheados recheados de cerejas, requeijão ou maçã são deliciosos, como também os rétes, a dobostorta, pastel recheado de moca e coberto com açúcar queimado, o gundel palacsinta, crepe recheado e flambado, o smlói galuska, biscoito cortado em dados a base de nozes, passas e nata misturados e coberto com chocolate ou creme de laranja ao rum.

Bebidas

As comidas húngaras costumam acompanhar-se de vinho ou cerveja do país. As cervejas mais conhecidas são Dreher, Aranyászok, Kobanyai, Soproni e Bak. Lembre-se que as cervejas espanholas não são frequentes, sendo o mais comum as garrafas de meio litro, e os tamanhos dos copos são maiores (o menor é de 33 cl. e o maior de um litro). Os vinhos da Hungria são excelentes, destacam o tinto Egri Bikavér, os brancos de Tokay e da região do Balatón e os espumosos Törley.

Para finalizar a comida, que costuma comer-se com calma, pois os húngaros são amantes da boa cozinha e de uma melhor sobremesa, bebe-se café e algum licor, os mais conhecidos são as pingas de pêssego, cereja, ameixa e pêra.

Print Friendly and PDF

Leave a Reply

    Translate

    Compartilhe este blog

    twitter orkut facebook digg favorites mais

    Google+ Badge

    Já visitaram...


    localizar via ip

    Follow by Email



    Já viram esta cozinha ...

    Followers

    Agradecimento

    Agradecimento
    Agradeço eventuais matérias e ou fotos dando assim os também eventuais créditos. Se alguém, por qualquer motivo, achar que estou violando direitos autorais, entre em contato que a publicação será devidamente creditada ou ainda retirada.